Av. Nove de Julho 4939 - cj64 - Torre Europa | Jardim Paulista | São Paulo leandro@leandrobrum.com.br

Antes de mais nada é importante deixar claro que não existe nenhuma cirurgia plástica que não deixe cicatriz. Por mais que ela seja disfarçada, suavizada ou pequena, ela sempre vai existir. Felizmente nas cirurgias de prótese de silicone, são cada vez mais imperceptíveis, pois elas podem ser escondidas abaixo da mama, ou mesmo nas axilas. Além do que, as técnicas cirúrgicas melhoraram muito ao longo dos anos, permitindo que as cicatrizes dessa cirurgia sejam cada vez menores.

O tipo de cicatriz formada na cirurgia de prótese de silicone, vai depender de fatores como a habilidade do cirurgião, o grau de elasticidade da pele, a resposta do organismo e evidentemente, dos cuidados no pós-operatório. Elas se tornam menos perceptíveis ao longo dos meses, em um processo lento e gradativo. Durante o primeiro mês elas ainda são avermelhadas e bastante aparentes. Após esse período até o 12º mês, a cicatriz vai se tornando mais espessa e muda a tonalidade de avermelhada para marrom. Apenas mais tarde, após 1 ano e meio da cirurgia, a cicatriz começa a ficar mais clara e suave. Portanto, não tenha pressa, o resultado final pode ser visto somente após esse período. Quando a cicatriz é posicionada abaixo da mama ( submamária), a tendência é que a mama tenha uma leve ptose e esconda a cicatriz. Quando realizada via axilar, ela também é praticamente imperceptível.

Algumas cicatrizes podem se desenvolver de forma anormal, o que chamamos de cicatrizes patológicas e independem da técnica cirúrgica. Para saber mais sobre esse processo veja o post sobre o tema:

http://www.leandrobrum.com.br/site/blog/cicatrizes-e-suas-diferencas/